quinta-feira, 14 de maio de 2009

em branco;

fazia tempo que não me batiam momentos que nem estes, certa falta - ou excesso - de inspiração para contar novas histórias. as vezes a paz de espírito faz isso conosco, nos deixa em branco.

ora, leitor, não vá pensar que estaria eu aqui, sem emoções ou sentimentos, pois não seria digno de vossa pessoa achar isso de uma eterna sonhadora. a verdade é que, creio eu, nos últimos dias meu olhar esteve atento para coisas novas, e como são belas.. coisas simples, sem peso, coisas apenas coisas.

mas preciso ressaltar que também tenho reparado em coisas que antes, não sei porque, simplesmente haviam perdido a luz. consigo de novo acreditar, sentir, vê-las com certeza de que nunca foram coisas dispensáveis.

o que é dispensável e indispensável afinal?
eu sei.


e depois de todas essas percepções, posso dizer com certeza, e um sorriso: voltei a brilhar.

3 comentários:

Enzo Sunahara disse...

em branco... branco de sorriso!

=D

beijoks

Paulinha disse...

"brilha,brilha estrelinha..."

Anderson disse...

Adoro Teus Textos!!!


=]